Afonso Estebanez

Canção de Bem-Querer

Ensina-me a ser assim com tuas asas tão leves
tão breves quanto suaves como aquelas semibreves
do canto de minhas aves...

Fica perto do meu céu como a flor encabulada
na beirada de um jardim ou no fim da caminhada
que acaba dentro de mim...

Fica como se tivesses teus sentidos acordados
no meu calvário sem cruz e nossos corpos pregados
com cravos feitos de luz...

E me vem como se vai fingindo que vai embora
teu agora é o nunca mais como quem sabe da hora
mas ir embora jamais...

A. Estebanez
(Poema dedicado à poetisa Valquíria Cordeiro)

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

obrigado por visitar o blog

Seguidores

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO