Sirlei L. Passolongo

Viver é encantar-se
Com as coisas simples

Emocionar-se
Com uma carreirinha de formigas
Levando uma folha à morada
Desenhar formas nas nuvens

É rir de si quando pisa em falso
E chorar diante da saudade.

Viver é isso...
Amar, sorrir, chorar
E acreditar sempre
Na felicidade.

Vinícius de Moraes

Revolta


Alma que sofres pavorosamente
A dor de seres privilegiada
Abandona o teu pranto, sê contente
Antes que o horror da solidão te invada.

Deixa que a vida te possua ardente
Ó alma supremamente desgraçada.
Abandona, águia, a inóspita morada
Vem rastejar no chão como a serpente.

De que te vale o espaço se te cansa?
Quanto mais sobes mais o espaço avança...

Desce ao chão, águia audaz, que a noite é fria.
Volta, ó alma, ao lugar de onde partiste
O mundo é bom, o espaço é muito triste...
Talvez tu possas ser feliz um dia.


Marcial Salaverry

O que é paixão,
é um tudo, é amor, é tesão.
traz prá fora a emoção.
Dá aquela sensação

Faz sentir aquele gozo,
forte, sensível, meloso
deixa o amor cheiroso
fica tudo perigoso

Gostoso demais,
carinhos sensacionais,
quase que anormais,
aquele gosto de quero mais.

Sem paixão é difícil viver,
a vida é um eterno prometer.
temos que nos submeter,
e por ela, quase morrer.

Paixão é delírio,
Paixão é martírio,
nos derruba, nos entontece,
e sem ela... se perece.


Emanoella Lebastos

"MOMENTOS"

A brisa te trouxe em noite de chuva
E você se chegou
E eu aceitei
Vivemos momentos magicos
Momentos alucinantes
Encontro de essencias
Almas gemeas se fundindo em um unico ser
Eu te amei
Meu corpo te sentiu
E eu te senti em
minha pele de mulher
E eu vivi em cada momento como se fosse unico
Lucidos de pura insensatez
E eu me deixei levar
Sem nada cobrar
Ouço trovões e vejo relampagos
Me deparei pois
Tu eras somente uma
essencia em forma de homem
E meu corpo sentiu
E meu coração parou

Jenario de Fátima

Embuste


Abraços...e palavras...e sorrisos...
E atitudes tão calmas, tão serenas.
Chamadas de atenções, roubos de cenas,
Deliciosos beijos de improviso.

Inesperadas transas sem aviso,
E o cheiro adocicado de alfazema
Enchendo nosso quarto. E um poema,
De quando poetar, era preciso.

Vivíamos assim, mas foste embora.
Deixando (além de foto sobre a mesa)
Um peito...um coração que sempre chora,

Que pena... que reclama... que delira...
E que tem somente agora a certeza,
Que aquilo tudo, tudo era mentira!

Carlos Drummond de Andrade

Amor ...

Amor é privilégio de maduros
Estendidos na mais estreita cama,
Que se torna a mais larga e mais revolva,
Roçando, em cada poro, o céu do corpo.

É isto, amor: o ganho não imprevisto,
O prêmio subterrâneo e coruscante,
Leitura de relâmpago cifrado,
Que, decifrado, nada mais existe

Valendo a pena o preço do terrestre,
Salvo o minuto de ouro no relógio
Minúsculo, vibrando no crepúsculo.

Amor é o que se aprende no limite,
Depois de se arquivar toda a ciência
Herdada, ouvida. Amor começa tarde.


Sirlei L. Passolongo

Eu quero seu sorriso

Eu quero acordar as estrelas
Quando o sol aparecer
Fazê-las dançar no céu azul
E seu sorriso despertar...

Quero o perfume das rosas
Embriagando seu coração
Em cada pétala meu carinho
Em cada folha a minha mão

Eu quero segurar o vento
E em brisa o transformar
E canções de amor e esperança
Em seu ouvido sussurrar

Quero brincar de feiticeira
E num toque de mágica
Seus desejos realizar
Quero brincar de vaga-lume
E seu caminho iluminar
Mas, o que mais desejo
É um sorriso...
Estampado em seu olhar.

Sirlei L. Passolongo

Faces

Tenho sido tantas
a procura de uma
que te faça me olhar
e tenho esquecido
quem sou...

Às vezes, me sinto um sapato
que escolho conforme a roupa
outras, me sinto um batom
que combina com tudo,
mas não tem teus lábios
pra arrancá-lo da minha boca.

Eu quero te mostrar minha essência
chega de enganos e aparências.
Sou apenas uma mulher enlouquecida
que deseja ser parte da tua vida...
Ser o teu amor.


Seguidores

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO