Cecília Meireles

Despedida


Por mim, e por vós, e por mais aquilo
que está onde as outras coisas nunca estão
deixo o mar bravo e o céu tranqüilo:

quero solidão.
Meu caminho é sem marcos nem paisagens.
E como o conheces ? - me perguntarão. -
Por não Ter palavras, por não ter imagem.
Nenhum inimigo e nenhum irmão.
Que procuras ?
Tudo.
Que desejas ?
Nada.

Viajo sozinha com o meu coração.
Não ando perdida, mas desencontrada.
Levo o meu rumo na minha mão.
A memória voou da minha fronte.
Voou meu amor, minha imaginação ...
Talvez eu morra antes do horizonte.
Memória, amor e o resto onde estarão?
Deixo aqui meu corpo, entre o sol e a terra.
(Beijo-te, corpo meu, todo desilusão !
Estandarte triste de uma estranha guerra ... )
Quero solidão.


Emanoella Lebasttos

Enquanto

Enquanto você procurava
Entre céu e a terra...
Ebtre a água e fogo
Ou em sua solidão
Eu cá estava aqui
sim aqui bem pertinho
de ti...
Dentro de teu coração
Dentro de você...
Senti tuas emoções
tuas saudades em mim...

Tuas lágrimas que correram
por teu rosto...
Ha como sofri em vê-lo
assim...
sim tentei em lhe dizer
que estavas aqui...
Mas por muitas vezes
Imaginou que eras
sua imaginação
de teu coração gritando
a minha voz...
Mas era eu que gritava por ti
meu doce amor
se achegue estou aqui
a lhe esperar...
com meu amor...
minha vida...

Cecília Meireles

5º Motivo da rosa

Antes do teu olhar, não era,
nem será depois, - primavera.

Pois vivemos do que perdura,
não do que fomos.

Desse acasodo que foi visto e amado:
- o prazo do Criador na criatura...

Não sou eu, mas sim o perfume
que em ti me conserva e resume
o resto, que as horas consomem.

Mas não chores, que no meu dia,
há mais sonho e sabedoria
que nos vagos séculos do homem.




Vinicius de Moraes

Soneto do Orfeu

São demais os perigos dessa vida

Para quem tem paixão, principalmente

Quando uma lua surge de repente

E se deixa no céu, como esquecida

E se ao luar, que atua desvairado

Vem unir-se uma música qualquer

Aí então é preciso ter cuidado

Porque deve andar perto uma mulher

Uma mulher que é feita de música

Luar e sentimento, e que a vida

Não quer, de tão perfeita

Uma mulher que é como a própria lua:

Tão linda que só espalha sofrimento,

Tão cheia de pudor que vive nua.

cecília meireles

Canção
No mistério sem fim, equilibra-se um planeta

E, no planeta, um jardim, e ,
jardim,um canteiro;


no canteiro, uma violeta,e,
sobre ela,o dia inteiro


entre o planeta, e o sem-fim,

a asa de uma borboleta.


Seguidores

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO