Daniel Costa


AMOR PROVOCADOR
Ao ritmo de trovador
Em jeito de safanão
Amor provocador
Será pleno de emoção,
Sem destemor,
Amor de previsão
Farol piscando de amor
Acontecia no meu, pós serão
Arribou o destemor
Na ocasião,
Resolução de caçador
Navegador tritão
Em forma de anjo sulcador,
A me instruir de orientação
A breve trecho, era eu glorificador
Voava veloz, em hodierno balão
Parecia buscador,
De fruição de mulher atracção
Muito voei, de pacificador,
Qual varão!
Até que parei num bosque acolhedor
Bonita mulher me olhava, como se eu fosse Adão
A bela, como se fora obra de Escultor,
Com seu traje mesclado de escuro, variação!
Explorava o contraste, como num toucador,
Como o saltitar de um pássaro tentilhão
Me sentia noutra galáxia, demarcador
O anjo me proporcionara a demarcação
Ao pensar na mulher com fervor
O sonho dera lugar a nova versão
Eis que o anjo redentor
Me entregava a mulher, que fora minha admiração
Que pacificador!
Ela me sorriu, fez subir a viração
Amor provocador,
Amor de Verão!
(autor-Daniel Costa)

recebi este poema de um amigo e achei tão  lindo que estou postando aqui como agradecimento

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

obrigado por visitar o blog

Seguidores

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO