Manuel Bandeira

Teresa

A primeira vez que vi Teresa
Achei que ela tinha pernas estúpidas
Achei também que a cara parecia uma perna

Quando vi Teresa de novo
Achei que os olhos eram muito mais velhos que o
resto do corpo
Os olhos nasceram e fizeram dez anos esperando
que o resto do corpo nascesse

Da terceira vez não vi mais nada
Os céus se misturaram com a terra
E o espírito de Deus voltou a se mover sobre a
face das águas.

******************************************
Não acredita não, Teresa...
“Teresa, se algum sujeito bancar o sentimental em cima de você...
E te jurar uma paixão do tamanho de um bonde...
Se ele chorar, se ajoelhar ...Se ele se rasgar todo...
Não acredita Teresa... É lágrima de cinema. É tapeação. Mentira.
Cai fora”
- Manuel Bandeira

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

obrigado por visitar o blog

Seguidores

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO